domingo, 18 de julho de 2010


Palavras ditas, palavras escritas. A Palavra chave de algum dos corações perdidos. Uma palavra certa, na hora errada. Um clichê vago jogado ao ar. Mentiras banais e impecaveis. Promessa inutil, doce ilusão. Engracado como todos os rabiscos parecem incrivelmente certos no começo. Errados eles se tornam depois. Depois que já foram escritos, ditos, desmentidos. No momento em que fogem descaradamente de você e de tudo o que você tem a dizer. Quando um ``não `` parece tão difícil de se pronunciar. Procure a forma exata de mostrar tudo o que sente em meros rabiscos. Voce vai descobrir que eles confortam, mas não sao suficientes. Talvez seja preciso alguem para rabiscar com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário